Do chão às estrelas

Neste pequeno conjunto de fotografias, a narrativa foi construída sem pretensão, conforme o território era percorrido, quase como um trabalho de cartografia, porém, livre de qualquer objetivo documental.

A apresentação linear expõe paisagens em transição do dia para a noite. Também incito uma percepção entre as texturas terrenas do chão e das montanhas contra a amplidão das nuvens, do Sol e das estrelas, com atenção especial aos reflexos do céu sob a água. Essa polarização entre os elementos da natureza criam a sensação de dualidade.




INDEX       OUTROS ESPAÇOS       TEXT ← PREVIOUS  NEXT →